Ferramentas Pessoais

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Você está aqui: Entrada / Estórias e Memórias / Estórias / Aeródromo do Porto (Aeroporto de Pedras Rubras, 1940-1945)

Aeródromo do Porto (Aeroporto de Pedras Rubras, 1940-1945)


Aeródromo do Porto (Aeroporto de Pedras Rubras: 1940-1945)

 

A razão  primeira que nos levou a efetuar este humilde estudo sobre a construção do Aeródromo do Porto, foi devido à  forte ligação que existe entre esta instituição e o nosso pai que trabalhou na TAP - Transportes Aéreos Portugueses, durante cerca de 45 anos.

Para além deste sentimento familiar que nos liga ao Aeroporto de Pedras Rubras, foi de facto o termos vivido grande parte da nossa infância, juntamente com o nosso pai e os seus amigos.

Naquele tempo o Aeroporto era algo grandioso, tínhamos  a possibilidade de poder entrar nas grandes aeronaves e poder vasculhar, aquilo que para os nossos olhos era de facto algo de maravilhoso e  espanto.

É a vida que nos ensina muita coisa e o receio de que, nos dias futuros, não exista ninguém que registe o quotidiano do nosso povo, a importância que da sua  participação na construção deste e  muitos outros edifícios.

A história local é demasiadamente importante para que possa cair no esquecimento, se porventura, perguntarmos aos nossos jovens se sabem como se processou a criação do Aeródromo do Porto, provavelmente poucos, muito poucos, serão os que estão informados de que foram os seus familiares os intervenientes na construção da História da sua Terra, na construção deste importante aeródromo, e a importância que teve e tem nas suas vidas, na vida dos seus.


Não

Não

Imagem corrente JPEG image — 30 KB

Armando Tavares