Ferramentas Pessoais

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Você está aqui: Entrada / Estórias e Memórias / Estórias / O Santo Lenho de Moreira

O Santo Lenho de Moreira


Santo Lenho de Moreira


De todas as rlíquias da vera cruz de Cristo, uma das que tem mais reconhecida fama é, sem dúvida, a relíquia do Santo Lenho de Moreira. Era já referida no testamento de Gonçalo Guterres, em 1085, sendo de admitir que tivesse vindo pouco antes do oriente.

Trata-se de um pequeno pedaço de madeira que se crê ter pertencido à Cruz de Cristo e que se encontra encastoado num esplêndido Relicário, verdadeira jóia da Ourivesaria Portuguesa, representando uma cruz, em ouro e pedras preciosas Na cruz a figura de Cristo e na base Anjos orantes.

Segundo alguns estudiosos, ter-se-á em determinado momento perdido o rasto à famosa relíquia, que veio a ser encontrada, em 1510, escondida por baixo da terra de Ara. esta redescoberta foi muito saudada pela população, que tinha grande fé na relíquia. Nas “Memórias Paroquiais” de 1758, o então Pároco de Moreira atribui à influência do Milagroso pedaço de madeira o facto de o Mosteiro e as suas redondezas não terem sofrido dano algum no terramoto de 1755.

O Mosteiro de Moreira era muito visitado, mesmo em peregrinação, por gentes das terras vizinhas, mormente pescadores de Matosinhos, que se colocavam sob a protecção do Santo Lenho.


Não

Não

Imagem corrente JPEG image — 3 KB

Pelouro da Cultura