Ferramentas Pessoais

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Você está aqui: Entrada / Estórias e Memórias / Ilustres Maiatos / D. José Alves Correia da Silva, o «Bispo de Fátima»

D. José Alves Correia da Silva, o «Bispo de Fátima»

D. José Alves Correia da Silva nasceu em S. Pedro Fins em 15 de janeiro de 1872. Filho primogénito e neto de lavradores maiatos, fez os seus estudos secundários no Porto, rumando depois para Braga onde iniciou os seus estudos religiosos. Passou pelo Seminário dos Carvalhos e pelo do Porto onde, entre 1889 e 1891 cursou Teologia. Matricula-se então na Universidade de Coimbra onde conclui a sua formação em 1987. Havia já sido, em 5 de agosto d 1894, ordenado Presbítero pelo Cardeal D. Américo, Bispo do Porto, e celebrara a sua Missa Nova três dias depois. Ainda em 1897 tornou-se professor no Seminário do Porto. Não muito tempo depois foi nomeado Cónego da Sé do Porto. Por bula de Bento XV foi nomeado Bispo de Leiria em 15 de maio de 1920. Sagrado em 25 de julho na Sé Catedral do Porto, fez a sua entrada solene na sua Diocese em 5 de agosto. Recorde-se que a Diocese de Leiria, extinta em 1882, tinha sido restaurada em janeiro de 1918. Logo que entra na Diocese, D. José Alves Correia da Silva começa a desenvolver uma atividade notável de organização do bispado, estruturando o Santuário de Fátima, iniciando a construção da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, autorizando oficialmente o culto de Nossa Senhora, por provisão de 13 de outubro de 1930. Foi, portanto, não só o grande responsável da credibilização das aparições como o principal obreiro a criar as condições para que tal acontecesse. Lembremos que foi ele, igualmente, o «encomendador» da primeira escultura de Nossa Senhora de Fátima, feita em 1920, pelo santeiro José Ferreira Thedim. Faleceu em Leiria a 4 de dezembro de 1957 (faz no próximo dezembro 60 anos) com 85 anos de idade. Teve de uma vida longa, cheia, consagrada ao serviço de Deus e da sua Diocese. O Concelho da Maia consagrou-o na sua toponímia, tal como Leiria e Fátima, aliás. E o «seu» santuário, mandou erguer-lhe uma escultura, obra de Joaquim Correia. JMM
D. José Alves Correia da Silva, o «Bispo de Fátima»
Full-size image: 519 KB | View image Visualizar Download image Descarregar