Ferramentas Pessoais

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Você está aqui: Entrada / Estórias e Memórias / Ilustres Maiatos / Dr. Augusto Martins

Dr. Augusto Martins


Nasceu a 31 de Maio de 1885 na freguesia de Nogueira do concelho da Maia.

Concluiu o Curso de Habilitação para o Magistério Secundário em 23 de Junho de 1910, perante um júri constituído por Adolfo Coelho, Queiroz Veloso e Silva Cordeiro. Poderia leccionar Matemáticas, Ciências Físico-químicas e histórico-naturais e Desenho».

Iniciou a sua carreira docente no Liceu Rodrigues de Freitas, tendo depois leccionado em Vila Real e novamente no Porto, no Sampaio Bruno (Depois Carolina Michaelis), regressando novamente ao Rodrigues de Freitas.

Em 1919 entrou para o corpo docente do Instituto Superior do Comércio do Porto onde chegou a Professor Catedrático de Matemáticas superiores.

Foi bibliotecário em vários estabelecimentos de ensino, o que revelava o seu amor pelos livros.

Exerceu o cargo de vereador na Câmara do Porto entre 1923 e 1925.

Reformou o Conservatório de Música, tornando-o equivalente ao de Lisboa.

Foi um dos fundadores da «renascença portuguesa», cujo órgão «A Águia» dirigiu durante bastante tempo.

A ele se devem as Edições Marânus, de grande prestígio na época.

Fundou, com Cláudio Basto, a «Portucale», revista a que se dedicou até ao final da sua vida.

A morte levou-o antes de desenvolver as reformas, que pretendia, da Biblioteca Municipal e do Museu Municipal do Porto.

Faleceu a 24 de Março de 1932. O seu funeral foi uma impressionante manifestação de pesar, bem demonstrativa da sua elevada estatura intelectual.

Publicou cerca de uma centena de trabalhos, entre livros, artigos científicos e de divulgação.

Não

Não