Ferramentas Pessoais

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Você está aqui: Entrada / Notícias e Eventos / “Lembrar é ter presente”

“Lembrar é ter presente”

Chegou ao fim, no passado sábado, o ciclo de eventos culturais e sociais que a Câmara Municipal da Maia levou a efeito, com a intenção de homenagear o Doutor José Vieira de Carvalho, por ocasião da passagem do 10º aniversário sobre o seu desaparecimento.

 

O grande auditório do Fórum da Maia, uma das obras emblemáticas do homenageado, foi palco de um concerto que se inseriu nesse ciclo e, simultaneamente, encerrou o Festival de Música da Maia, edição 2012.

Na sua alocução inicial, o Presidente da Câmara, Bragança Fernandes, utilizou uma expressão carregada de significado simbólico – “Lembrar é ter presente” -, sublinhando que o Doutor José Vieira de Carvalho permanece na memória coletiva dos maiatos e, mais do que isso, continua presente no seu coração.

Por seu lado, Mário Neves, Vereador da Cultura que teve a seu cargo a coordenação das diversas iniciativas que integraram o programa “Lembrar o Doutor José Vieira de Carvalho”,no texto que publicou no programa do concerto, salienta que a melhor forma de prestar tributo ao homenageado é o trabalho, com empenho e abnegação, a favor da sua tão amada Maia, repto que deixou aos jovens artistas que participaram no concerto.

de entre os eventos realizados, destacam-se as conferências que trouxeram à Maia, entre outras, personalidades como o Professor Adriano Moreira e D. Manuel Clemente, para além das várias exposições de diferentes géneros artísticos e da edição da tese de licenciatura do homenageado, cujo objeto de investigação é o mosteiro de S. Salvador de Moreira.

No concerto, marcado por uma certa emotividade, participou o Coral Infantil Municipal dos Pequenos Cantores da Maia, com um reportório pautado por um alinhamento cronológico que fez a ligação entre o período em que conviveu com o seu fundador e homenageado, com temas que representam a última década, vivida sob a vigência do seu atual patrono, Bragança Fernandes.

Em declarações, Victor Dias, Diretor Artístico dos Pequenos Cantores da Maia afirmou: - “…é com alguma emoção que participamos neste concerto de merecidíssima homenagem. Como o Sr. Presidente e nosso Patrono afirmou, os Pequenos Cantores da Maia são uma das obras imateriais legadas pelo Doutor José Vieira de Carvalho. E eu sou, de algum modo, testemunha da forma dedicada e carinhosa, como o Sr. Eng.º Bragança Fernandes, acolheu esta herança e, com o seu jeito afetuoso e sereno, nos tem proporcionado tudo quanto necessitamos para cumprir a nossa missão. Tem sido devido a esta atenção e afabilidade do nosso Patrono e à confiança e apoio determinado e entusiástico do Sr. Vereador da Cultura, Doutor Mário Nuno Neves que temos vindo a concretizar um conjunto de projetos artístico e de forte pendor educativo que nos têm animado fortemente e estimulado para o trabalho que estamos agora a preparar…ambos, Patrono e Vereador da Cultura têm sido de uma dedicação e têm dado um apoio inexcedível…”  

A segunda parte do concerto foi totalmente preenchida com a interpretação integral do Glória RV 589, de Vivaldi, pelo Coro e Orquestra do Conservatório de Música da Maia que desse modo prestaram também o seu tributo ao Doutor José Vieira de Carvalho.