Ferramentas Pessoais

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Você está aqui: Entrada / Notícias e Eventos / FESTIVAL DE MÚSICA DA MAIA 2012

FESTIVAL DE MÚSICA DA MAIA 2012

Canções de autor, rock, músicas do Mundo, Fado, música filarmónica e um concerto de Homenagem, preenchem o cartaz do Festival de Música 2012.

Tem início na segunda-feira, 30 de Abril, véspera de feriado, um dos certames artísticos que integra o calendário cultural da Maia, o Festival de Música.

A diversidade das propostas que são apresentadas ao público não é tão extensa como noutros anos, mas face à conjuntura, o compromisso entre a qualidade e o leque de escolhas possíveis, no que se refere a géneros musicais não põe em causa os pergaminhos deste acontecimento cuja tradição é já um dado adquirido.

Na programação apresentada, pelo Pelouro da Cultura da Câmara Municipal, através da Academia das Artes da Maia, para o Festival de Música da Maia, nesta edição de 2012, é proposto, logo para a abertura, um espetáculo em que a Poesia e a palavra, sublinhadas pela Música e servidas por três vozes fantásticas, fazem a verdadeira festa da vida, na qual podemos, por breves momentos que seja, dizer: - “…adeus tristeza até depois…”. Dois dos maiores cantautores da nossa Música, Fernando Tordo e Carlos Mendes e uma das melhores vozes femininas da atualidade, Filipa Pais, juntam as suas vozes para dar forma e conteúdo ao seu Memorial, um desfiar constante de grandes poemas que deram belíssimas canções a que os três acrescentam ainda, algumas criações musicais recentes.

 

No segundo concerto, os apreciadores do bom Rock nacional têm uma excelente oportunidade para ouvir alguns dos maiores sucessos do tempo em que se ouvia por todo o lado: - “…chamem a polícia…”. Os Trabalhadores do Comércio vêm ao Festival, num concerto mais intimista, mostrar porque razão continuam frescos e viçosos, a tocar por todo o lado e a editar sempre coisas novas.

Depois, da Música de raiz judaica, num contexto hoje muito apreciado da “World Music”, até ao património imaterial da Humanidade, o Fado, haverá momentos para experimentar ouvir a prata da casa, com a sua produção artística e musical própria, em particular no concerto de encerramento, em que o Coral Infantil Municipal dos Pequenos Cantores da Maia e o Coro e Orquestra do Conservatório de Música da Maia se juntam para homenagear uma figura maior da nossa história local, o Professor Vieira de Carvalho, personalidade a quem estas duas instituições muito devem.

 

Um destaque merecido

 

Em Portugal existem muitas instituições de diversa natureza cuja existência conta largos anos ou décadas, mas centenárias é uma característica que é, com toda a certeza, muito menos comum.

A Banda Marcial de Gueifães vem ao Festival de Música da Maia realizar o concerto de gala comemorativo do seu 175º aniversário de existência e carreira artístico-musical, facto que é digno do orgulho e reconhecimento de todos os maiatos, particularmente de todos os melómanos.

O concerto que a BMG está a preparar vai certamente colher o entusiástico aplauso do público, quer pela invulgar efeméride, como pelo cuidado e empenho de toda a formação filarmónica e do seu Maestro, em fazer dessa noite, absolutamente memorável que contará com a participação especial do tenor Pedro Tavares que vai surpreender com alguns trechos, por certo, muito do agrado do público.