Ferramentas Pessoais

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Você está aqui: Entrada / Notícias e Eventos / O TEATRO ART'IMAGEM NA DÉC. de 80 - O INÍCIO

O TEATRO ART'IMAGEM NA DÉC. de 80 - O INÍCIO

Exposição

O Teatro Art’Imagem na década de 80 - O início

Fundo Teatral Art’Imagem/C.M.Maia

Patente até 30 dez 2017

Galeria Quinta da Caverneira

Tudo começou em 20 de agosto de 1981. Um grupo de pessoas, empregados, professores e estudantes - uns vindos do teatro de amadores, outros com atividades político-sindicais e de animação cultural, resolvem formar um grupo de teatro a que deram o nome de Teatro Art´Imagem. Desde o início decidiram que se iriam profissionalizar, por isso apelidavam-se de companhia de teatro não-profissional. Seus propósitos imediatos: fazer teatro para a infância e juventude e organizar um Festival Internacional de Teatro para

esse segmento de público. Nascia então o Fazer a Festa que teve a sua primeira edição em 1982.

O seu primeiro espetáculo, em 1981 "O Vagabundo que Sonha Palhaço", criação e encenação de Fernando Costa, o principal impulsionador do projeto, é estreado um mês depois em Leiria num encontro anual do CPTIJ (Centro Português para a Infância e Juventude), organismo que associava várias companhias profissionais e de amadores. Logo a seguir é apresentado num Festival Internacional na Bélgica e também na Checoslováquia, onde é muito bem recebido, tendo-se aberto portas para várias digressões internacionais.

Fernando Costa encenaria mais um espetáculo “A qualquer hora o diabo vem” em 1982, tendo depois deixado o grupo, que em 1983 não estreou qualquer espetáculo, reorganizando-se e procurando aprender com outros criadores, nomeadamente com João Paulo Seara Cardoso e outros.

Nesta primeira década, estreia quase uma vintena de espetáculos, a maior parte para os mais jovens e inicia-se no teatro de rua, sendo a primeira companhia do Norte a fazê-lo profissional e regularmente, aproximando os espetáculos das associações populares e comunitárias.

Passa a realizar anualmente o Fazer a Festa, o Teatrólogo-Encontro dos Que Fazem e Gostam de Teatro, edita uma revista teatral, conhece o país em itinerância permanente, cresce, aprende e acerca-se da comunidade teatral da cidade e do país…