Ferramentas Pessoais

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Você está aqui: Entrada / Notícias e Eventos / Pequenos Cantores da Maia em Pedrógão Grande

Pequenos Cantores da Maia em Pedrógão Grande

Pequenos Cantores da Maia

Concerto fraterno de solidariedade

 em Pedrógão Grande

 

O Coral Infantil Municipal dos Pequenos Cantores da Maia vai a Pedrógão Grande dar um concerto fraterno e solidário de Natal, 17 de dezembro, precisamente no dia em que se assinala meio ano após a tragédia, que a 17 de Junho, vitimou 64 pessoas.

O concerto terá lugar na Igreja Matriz e será integralmente composto por temas clássicos, “Christmas Carols” e canções originais que integram o repertório de Natal dos Pequenos Cantores da Maia.

As crianças do Coral Infantil Municipal, além de um pouco da sua afetuosa alegria, musicalidade e sorrisos, para amenizar um momento simbólico e difícil para as pessoas de Pedrógão Grande, levarão também pequenas árvores para serem plantadas algures no concelho, na certeza de que mais do que outros bens materiais, a reflorestação daquele território é uma emergência.

António Silva Tiago, Edil maiato e Patrono dos Pequenos Cantores da Maia, expressou a sua solidariedade para com a comunidade concelhia de Pedrógão e sublinhou estar muito sensibilizado com o facto do Coral Infantil Municipal poder de algum modo, ajudar a amenizar a tristeza das pessoas que perderam entes queridos e sofreram com uma tragédia como a que foi notícia no Mundo inteiro, em meados de Junho deste ano.

A autarquia local de Pedrógão Grande é a entidade organizadora do concerto que conta com a colaboração proactiva do pároco local, num evento aberto a toda a população, tendo lugar no principal Templo de Pedrógão, dia 17 de Dezembro, domingo, às 16h00, um dia particularmente difícil para a memória coletiva daquela comunidade.

As crianças que integram o Coral Infantil Municipal da Maia estão a ser preparadas para arrostar com um ambiente emocional denso, inculcando que a sua missão é precisamente ajudar a viver este tempo nostálgico, como é o Natal, de uma forma o menos sofrida possível, estando empenhadas em levar amizade fraterna e afetos, na esperança de que o seu gesto solidário imaterial, possa de algum modo ajudar a ultrapassar aquele drama humano.

Victor Dias, diretor artístico dos Pequenos Cantores da Maia exprimiu a sua particular emoção, pelo facto desta iniciativa se revelar de extrema importância quer para a comunidade de Pedrógão, que vai viver um dia muito difícil em que se assinala meio ano após a tragédia, como para as próprias crianças e jovens do Coral Infantil Municipal, considerando que este concerto assume um caráter humanista que certamente vai marcar as suas vidas e contribuir para a formação humana, cívica e social de cada futuro adulto.

O Maestro dos Pequenos Cantores da Maia sublinhou ainda que sempre houve no seio do Coral, a determinação de acrescentar à formação musical e artística dos seus membros, uma forte promoção dos valores humanos, éticos e de cidadania, para que possam levar para a vida adulta, uma melhor consciência da sua responsabilidade social e do seu dever de serem solidários e olharem o próximo com fraternidade, respeito e compaixão. Referiu-se ainda a este concerto, como uma excelente forma de encerrar o ano de comemoração das bodas de prata do Coral Infantil Municipal da Maia, cumprindo mais uma missão que se enquadra perfeitamente no seu imenso palmarés de eventos artísticos solidários.

Foto de José Tomé.